HTCinside


Como ignorar o erro “Este PC não pode executar o Windows 11” (qualquer PC)

Em 24 de junho, a Microsoft lançou oficialmente seu novo sistema operacional apelidado de Windows 11. Desde então, vem ganhando popularidade por vários motivos, a maioria deles bons, com alguns deles sendo ruins. Apesar de todos os ótimos novos recursos, a Microsoft introduziu alguns problemas de compatibilidade com hardware mais antigo. Neste artigo, você obterá informações detalhadas sobre as limitações de hardware que a Microsoft introduziu e métodos para ignorá-las.

Muitos usuários tentaram atualizar seus sistemas para a nova versão do Windows, apenas para encontrar problemas de incompatibilidade. Usar o padrão TPM 2.0 como requisito mínimo foi uma má jogada da Microsoft. A instalação do novo SO requer que você tenha o Secure Boot habilitado, juntamente com o suporte ao TPM 2.0 em nível de hardware. A maioria dos PCs modernos permite que você ative essas opções se você tiver um BIOS 'UEFI'. Pelo contrário, se você tiver um BIOS legado instalado, as coisas podem ser mais difíceis para você.

Recentemente, a Microsoft anunciou que está “pensando” em reduzir os requisitos para PELO MENOS incluir Intel de 7ª geração e Ryzen de 1ª geração para lançamento oficial.

este pc nao roda windows 11

Primeiro, vamos dar uma olhada no que é o TPM e por que a Microsoft o introduziu como um requisito mínimo.

Conteúdo

O que é TPM e por que o Windows 11 precisa dele?

TPM é a abreviação de Trusted Platform Module. Para simplificar, o TPM é uma medida de segurança que funciona em nível de hardware no seu dispositivo. O módulo TPM cria chaves criptografadas e as armazena em um módulo presente em sua placa-mãe. Atualmente, existem duas versões do TPM sendo usadas – TPM 1.2 em sistemas mais antigos e TPM 2.0 para os novos.

A Microsoft justifica forçar os requisitos do TPM 2.0 aos usuários do Windows 11 devido às crescentes ameaças de segurança cibernética dia a dia. A maioria dos ataques foi relacionada ao firmware devido ao uso de protocolos TPM mais antigos. A Microsoft acredita que todo usuário de seu sistema operacional precisa dessa camada crítica de segurança. Na realidade, porém, a maioria dos clientes individuais tem muito menos probabilidade de sofrer ataques de firmware por cibercriminosos.

Como obter atualizações do Windows 11?

A atualização gratuita para o Windows 11 exige que você tenha o Windows 10 instalado. Se você quiser testar a versão de acesso antecipado agora, precisará se inscrever nas atualizações do 'Windows Insider'. Siga estas etapas simples para habilitar o acesso interno para obter as versões mais recentes do desenvolvedor em seu sistema.

  • Certifique-se de que seu PC esteja conectado a uma conta da Microsoft.
  • Vá para Configurações> Atualização e segurança

Atualizar configurações

  • Localize o programa Windows Insider na guia esquerda
  • Clique em “Começar”.
  • Use o botão “+” para conectar sua conta da Microsoft e continuar

Siga as instruções na tela e selecione o canal Dev. Obter atualização do Windows 11

  • Selecione 'confirmar' e reinicie o seu PC
  • Uma vez feito, vá para Configurações> Atualização e segurança> Windows Update
  • A nova compilação de desenvolvimento do Windows 11 deve aparecer.

visualização privilegiada

A partir daqui, você pode instalar a nova versão do Windows da mesma forma que instalaria qualquer outra atualização. Agora, se o seu PC não for compatível com TPM 2.0 e Secure Boot, continue lendo para descobrir como atualizar sua versão do Windows, independentemente dos problemas de compatibilidade.

Como atualizar qualquer PC para o Windows 11

Verifique se o hardware do seu sistema tem suporte para TPM 2.0 pressionando o botão Windows + tecla ‘R’, digitando “tpm.msc” e clicando no botão ‘ok’. Uma vez feito, você deve ser saudado com uma janela que mostra o status do TPM do seu sistema. Se o seu dispositivo for compatível, você deverá ter “O TPM está pronto para uso” na guia de status. Também no canto inferior direito, você pode verificar a “Versão de Especificação” para verificar se possui o TPM 1.2 ou 2.0.

Existem dois métodos de instalação do Windows 11 em PCs incompatíveis. O primeiro envolve editar seu registro e o segundo método envolve alterar alguns arquivos na configuração do próprio sistema operacional.

Observe que, se o seu dispositivo for incompatível e você ainda instalar o Windows 11 ignorando as verificações de compatibilidade, talvez não receba atualizações futuras. Tendo isso em mente, dê uma olhada nestas etapas para instalar o Windows 11 sem erros de compatibilidade.

Ignorando o requisito de instalação do Windows 11 usando edições do registro

O primeiro método que você pode usar para ignorar o TPM 2.0 e o requisito de inicialização segura envolve a modificação do registro do Windows.

  • Ao instalar o SO, quando chegar à tela de erro, pressione a tecla Windows + R.
  • Digite “regedit” para abrir o editor de registro.

corre

  • Quando o editor do registro estiver aberto, navegue até HKEY_LOCAL_MACHINESYSTEMSetup

local do registro

  • Crie uma nova chave neste local com o nome “LabConfig”

Nova CHAVE

  • Na chave “LabConfig”, crie essas duas novas entradas –
    • BypassTPMCheck com o valor de dword:00000001
    • BypassSecureBootCheck com o valor de dword:00000001

entrada dword nova entrada dword nova parte de entrada do dword Mgxr6

  • Salve essas alterações e você poderá ignorar as restrições.

Se você não for bem versado no editor de registro, também poderá criar um arquivo '.reg' que aplicará automaticamente as chaves de registro necessárias. Para este método, siga estes passos –

  • Abra o “Bloco de Notas” no seu PC Windows.
  • Copie e cole este texto no Bloco de Notas –

Editor de registro do Windows versão 5.00
[HKEY_LOCAL_MACHINESYSTEMSetupLabConfig]
“BypassTPMCheck”=dword:00000001
“BypassSecureBootCheck”=dword:00000001 bypassreg

  • Feito isso, salve o arquivo como “Bypass.reg”.
  • Execute o arquivo e confirme que deseja fazer uma alteração no registro.

confirmação de registro

  • Reinicie o seu PC e a instalação do Windows 11 deve prosseguir sem problemas.

Essas etapas devem ajudá-lo a ignorar os requisitos de TPM e de inicialização segura.

Ignorando os requisitos de instalação do Windows 11 modificando os arquivos de instalação

Existe outro método que pode contornar os requisitos facilmente. Você precisa copiar um arquivo de qualquer mídia de instalação do Windows 10 para o ISO de configuração do Windows 11. Você pode obter a configuraçãousando este tutorialque abordamos anteriormente. Dê uma olhada nas etapas que você precisa seguir para criar sua cópia da configuração compatível do Windows 11.

  • Instale o “7-zip” se ainda não estiver instalado no seu PC. Baixe AQUI .
  • Extraia seu arquivo ISO do Windows 11 clicando com o botão direito nele e selecione 'Extrair aqui'. Você deve obter todos os arquivos extraídos na mesma pasta que a configuração.
  • Agora você precisa copiar o “appraiserres.dll” da sua mídia de instalação do Windows 10, ou você pode simplesmente baixar o arquivo AQUI se você não tiver a configuração do Windows 10 com você.
  • Em seguida, navegue até a pasta que contém a configuração do Windows 11 que você extraiu anteriormente.
  • A partir daí, vá para a pasta ‘Fontes’.
  • Cole o arquivo “appraiserres.dll” que você copiou ou baixou anteriormente nesta pasta. Selecione a opção de substituição quando a janela de cópia aparecer.
  • Execute a configuração novamente a partir dos arquivos extraídos para contornar as restrições e instalá-lo com êxito.
  • Caso você queira flashar um USB com a configuração, você precisará armazenar os arquivos em um ISO usando ferramentas como Rufus ou AnyBurn.

Conclusão

Mesmo com as restrições impostas pela Microsoft, a enorme comunidade de usuários do Windows encontrou uma forma de contorná-las. É bastante óbvio que os requisitos TPM 2.0 e Secure Boot são algo que não é essencial para usuários finais que não são propensos a ataques de firmware por cibercriminosos. Por enquanto, você pode ignorar facilmente as restrições impostas pela Microsoft usando as etapas listadas acima.